30 de setembro de 2010

Despedimo-nos do Verão, dando as boas vindas ao Outono!

Todos os meus mais atentos leitores já o sabiam. Eu andava a apregoar isso mesmo, há já vários dias. Para ser mais concreto, eu tinha estas desconfianças já desde Dezembro passado! Mais dia,menos dia, isto tinha que se dar... E quando a gente menos espera, pimba! Esta semana que passou aconteceu mesmo. Eu às vezes nem sei bem explicar o que se passa comigo. Pressentimentos? Ondas transmissoras recebidas do além? Alguma coisa será, porque em Janeiro adquiri mais certezas ainda. Então em Fevereiro nem se fala... E quando, no início de Setembro, meti duas semanas de férias, voltei perfeitamente convicto que a coisa estaria para se dar. Se alguma dúvida ainda tinha, estavam completamente desfeitas. Troquei impressões com várias pessoas; consultei o meu psicanalista que me deu toda a razão. Também os vários médicos me confirmaram isso mesmo. Só um político não quis acreditar, já que estava na oposição! Telefonei para Londres, Tóquio, Nova Iorque e todos eles concordaram. As minhas previsões estariam todas certas. Também alguns astrólogos me enviaram o seu parecer favorável (a astróloga Gina e o Sr. Mumakada incluídos). Foi então que aconteceu o que previra com tanta antecedência: o Verão chegou ao fim a 22 de Setembro, dando lugar à estação do Outono. Eu não vos tinha dito? Esta cabeça não pára...

E foi assim, imbuído desta nova realidade, que aqui partilho convosco os últimos acontecimentos do Verão e os primeiros deste Outono, mês em que já se nota as temperaturas a baixarem e a fazer-nos lembrar da lareira e da mantinha.


...Figura_01: E porque sempre gostei de dar a cara pelos meus actos, eis a minha fotografia quando recebi a confirmação que dentro de alguns dias, mais dia menos dia, as minhas suspeitas ver-se-iam confirmadas e o Verão teria o seu fim.


...Figura_02: E em que baseei os meus cálculos? Entre várias fórmulas matemáticas e outras exotéricas que tais, também observei as mensagens da Natureza... Como a enviada sob a forma da vindima que fizemos à nossa Maria Gomes (agora em mudança de sexo, passando a chamar-se Fernão Pires). Deliciosas, estas uvas!


...Figura_03: E porque os meus cálculos indicavam que no dia seguinte dar-se-ia aquele acontecimento do equinócio outonal, o momento deveria ser de festa e de despedida ao Verão, que tão bons momentos nos proporcionara (senão vejam todas as publicações entre o 21 de Junho e o 22 de Setembro, período equivalente a esta estação do calor e da praia). Daí que juntámos um pequeno grupo de amigos para viver este dia... mágico. Fernando Coimbra e sua esposa Cristina, Jahn Gallo e a minha maridona, num jantar de despedida ao nosso novo amigo sueco.


...Figura_04: E novamente todos nós, agora já comigo também à mesa, reunidos em volta de um excelente pitéu de peitos de frango recheados com pesto e mel. Que bem que nos soube! Foi uma noite magnífica, com magnífica companhia. Obrigado, Jahn Gallo; Obrigados, Joferk e Cristy. Obrigado, maridona...


...Figura_05: E chegámos ao dia 22, dia de um acontecimento ímpar... Ah! Pois é... Quase esquecia. Também foi neste dia que terminou o Verão e se iniciou o Outono... Mas a 22 celebra-se outro momento mágico: o aniversário do meu papá José. Daí que fomos propositadamente até Belide para comemorar este dia com os meus pais!


...Figura_06: E cá está o meu "velhote" a soprar a vela do bolo improvisado. Parabéns pelos 74 anos!


...Figura_07: A foto de família com a malta ida de Aveiro (eu, a minha maridona e o André), juntando-se aos meus pais para celebrar este dia especial...


...Figura_08: Mas no mês de Setembro ocorre outro acontecimento verdadeiramente extraordinário. É o mês em que a junção de FM + MJ deu origem à famosíssima dupla FMJ. É verdade, foi a 24 de Setembro de 1994 que tal histórico acontecimento decorreu. E neste dia, 16 anos depois, a dupla FMJ (adivinharam! Sou eu e a minha maridona: FM = Filipe Monteiro; MJ = Maria José ==> FMJ = Filipe Monteiro/Maria José) comemorou este dia com uns amigos muito especiais: Cristina, Francisco, nosso afilhado Gonçalo, seu irmão Afonso e o avô de ambos, pai da Cristina).


...Figura_09: Mas porque o mês ia parco em acontecimentos, a 25 foi a vez de me reunir com antigos camaradas de armas (mais concretamente alguns dos militares que tiveram o prazer de me ter como seu comandante de companhia... Sou mesmo bom, não é verdade?), para mais um almoço de confraternização que, ininterruptamente, se vai realizando desde 1990. É obra! Eis o grupo na Ribeira de Gaia, local escolhido para nos encontrarmos...


...Figura_10: A vista da ponte da Ribeira, sobre o Douro, agora já sem aqueles malucos a taparem a bonita paisagem...


...Figura_11: A capela do Senhor da Pedra, uma bonita e pequena igreja construida sobre uns rochedos no mar de Gaia, onde antigamente se fazia um culto pagão antes de ser consagrada à Igreja.


...Figura_12: Parte do grupo sobre os rochedos, quais verdadeiros senhores na pedra no Senhor da Pedra...


...Figura_13: Finalmente o local do almoço, já na cidade de Espinho, com todo o grupo reagrupado para atacar a ementa, numa ordem unida de meter inveja a qualquer pelotão actual.


...Figura_14: Dois amigos especiais: FM e Armando Jesus, o maridão da minha abelhinha Catarina (esse mesmo; aquele vizinho dos 80 km)


...Figura_15: No final um dos momentos da praxe: a passagem do organizador deste ano (o Ribeiro, à direita) para o organizador do próximo ano (o Berto, na esquerda). Só não houve o apresentar da tropa ao comandante, que sou eu, por este (eu, portanto) não estar para aí virado (ou por alguns dos presentes já estarem demasiado virados... lol)


...Figura_16: Optámos, pois, por ir beber um último copo ao casino de Espinho, com alguns de nós a tentar a sua sorte nas slots (eu não, que desde que retiraram o maravilhoso som das moedas a cairem num jackpot fabuloso e as substituiram por umas fichas em papel impresso, aquelas máquinas perderam todo o encanto!)


...Figura_17: Mas fica a fotografia final do grupo, à saída do Casino, para confirmar que ninguém saiu dali em Ferraris ou com qualquer outro sinal de riquezas do jogo (tirando a riqueza que cada um de nós representa, principalmente aquele comandante de companhia...)

E prontes (ahá! Cá está a minha palavra favorita!). Por hoje ficamos por aqui. Não que não haja mais acontecimentos neste mês, mas esses deixo-os para uma próxima publicação. Mas dou-vos já aqui um pequeno avanço dos mesmos, assim em jeito de cenas dos próximos capítulos: feira das nozes em Penela, vindimas no meu irmão, almoço na Escola, ida ao Quem quer ser milionário... Mas mais não digo, para que voltem aqui. É que este espaço perde o sentido sem vocês. Por isso... Fiquem bem!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home