2 de julho de 2010

Festival Internacional de Jardins em Ponte de Lima: "Kaos no Jardim"

Desde o dia 28 de Maio e até ao dia 31 de Outubro de 2010, Ponte de Lima deu início a mais um Festival Internacional de Jardins. Este ano o tema é subordinado ao "Kaos no Jardim", verificando nós ali uma enorme criatividade nos concorrentes que aliaram os "elementais" Terra, Fogo, Água e Ar, na construção dos seus jardins artísticos. Mas vamos a uma primeira abordagem sobre o CAOS, para melhor entenderem as mensagens de cada um dos jardins.

"Na mitologia grega, Caos era o estado não-organizado, ou o Nada, de onde todas as coisas surgiam. Mas não era apenas o mero vácuo e sim o estado de escuridão e nebulosidade infinita. A cosmogonia de Orphic afirma que Chronos (personificação do tempo) deu origem a Ether e a Caos, sendo que este formou um enorme ovo de onde nasceu o Paraíso, a Terra e Eros. De acordo com a Teogonia de Hesiold, o Caos precedeu a origem não só do mundo mas também dos deuses...
Hoje em dia - com o desenvolvimento da matemática e ciência - a Teoria do Caos surgiu para compreender as flutuações erráticas e irregulares da natureza, resíduos da formação primordial vinda do grande ovo de Caos. Sistemas de comportamento caótico são encontrados em muitos campos da ciência e engenharia e são estudados, pois muitas vezes são achados padrões que mostram uma estrutura ordenada no sistema.
Uma característica de um sistema caótico é que ele sempre mostra "sensibilidade às condições iniciais", isto é, qualquer perturbação no estado inicial do sistema, não importando quão pequena seja, levará rapidamente a uma grande diferença no estado final, fazendo com que a previsão do futuro torne-se muito difícil. Porém, compreendendo o comportamento caótico, muitas vezes é possível entender como o sistema se comportará como um todo ao longo do tempo." (retirado de "http://www.fractarte.com.br/artigos/caos-e-ordem.php")

Agora poderão apreciar as imagens que seguidamente vos apresento, mas se puderem visitar Ponte de Lima, vão até lá porque... vale a pena!


...Figura_01: Ainda antes da viagem até Ponte de Lima, fiz uma pequena viagem por terras de Anadia, para cumprir a tradição. Sim, porque há tradições que ainda são como eram. E é tradição realizar-se durante a Feira da Vinha e do Vinho um jantar do Grupo dos Magníficos, aqui já em foto de família saboreando um último copo no Lounge da Quinta do Ortigão.


...Figura_02: O cartaz do Festival, indicando qual o tema em apresentação: O Kaos no Jardim!


...Figura_03: O grupo à entrada dos Jardins, ainda sem saber bem o que nos esperava no interior...


...Figura_03: Na entrada de cada um dos jardins existe uma placa explicando o tema e descrevendo o que o(s) autor(es) procurou(aram) representar no jardim. Aqui, e num dos exemplares por nós eleitos, a representação da Irlanda e o seu "Jardim do Aviso Global". Não entro em detalhes: bastará clicarem sobre a foto e lerem a explicação.


...Figura_04: E agora procurem entender o Jardim... Interessante, berdad?


...Figura_05: De Espanha, por exemplo, temos o jardim "O Kaos do Universo". Inspirando-se no tema dos fractais como instrumento do conhecimento das leis do mundo, procuraram apresentar um fractal que se transforma em plantas, percursos, pavimentos, bolas e elementos que querem dar, com a sua aparente confusão, a ideia do caos cósmico. (As coisas que eu vos digo!)


...Figura_06: Da Holanda chegou-nos a Experiência Borboleta, numa alusão à Teoria do Caos de Lorenz (quem nunca ouviu dizer que o bater das asas de uma borboleta poderia causar enorme devastação do outro lado do mundo?)


...Figura_07: E dentro deste jardim poderíamos apreciar bonitas borboletas... e até a minha Madame Butterfly!


...Figura_08: Até eu tive direito a assento no corpo de uma borboleta (talvez mais borboletão), qual imagem de um filme de ficção científica de 3.º nível...


...Figura_09: E foi no interior deste jardim que a minha maridona foi entrevistada para a SIC, para um dos noticiários que reportaram este evento (soubemos depois que passou no jornal das 13H00, na SIC, no dia 28 de Junho. Pena que não vimos, mas choveram telefonemas cá para casa, a dizerem-nos que a tinham visto a ser entrevistada. É o preço da fama, meus amigos...)


...Figura_10: E de Portugal tivemos também um dos jardins mais bonitos: o "Kaos Suspenso"!


...Figura_11: Mas a beleza do local não se ficava pelos jardins expostos. Todo o espaço era um bonito jardim, pelo qual até dava gosto passear...


...Figura_12: Até dava para avistarmos "avis raras", como o daquele gajo que se vê no cimo da estrutura...


...Figura_13: Este era o corredor principal que atravessava toda a área. Muito fresco e agradável, com nós os quatro a saborearmos o fresquinho de toda aquela verdura...


...Figura_14: Não é o que pensam! Não sou eu a fazer abdominais e sim a aproveitar um dos espaços que nos permitem deitar e recostar as pernas, para um relaxe no meio do verde!


...Figura_15: Mas o objectivo desta viagem era o de oferecer aos meus pais, por ocasião do seu 50.º aniversário de casamento, um almoço no restaurante Camelo, recordando o local onde havia sido a minha boda do casamento (e ao qual eles nunca mais tinham voltado). Por isso rumámos a Sta. Marta, onde degustámos um excelente almoço. No final ainda deu para uma voltinha pela quinta, apreciando as (muitas) melhorias introduzidas pelos donos em todo aquele espaço bem bonito.


...Figura_16: Rumámos então até Viana do Castelo e ao local onde casámos: o templo de Santa Luzia.


...Figura_17: Também aqui fizemos a fotografia de grupo, para depois recordar...


...Figura_18: Já no interior do templo aproveitámos para renovar os votos e dedicar uma oração a N. Sra., recordando o quadro que nos foi feito por ocasião do casamento.


...Figura_19: Regressámos então a Aveiro (e os meus pais a Belide onde, soubemos depois, apenas chegaram por volta da meia-noite por motivo de avaria no comboio e espera de quase duas horas por uma das ligações), onde nos aguardavam novos dias e novos acontecimentos dignos de relato. Mas esses serão outras histórias que, desde já fica aqui prometido, brevemente vos narrarei. Por agora, eu e o meu gato despedimo-nos... Fiquem bem!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home