18 de janeiro de 2012

Novas "histórias da minha primeira vez em..."

Para os mais atentos e que tenham lido a publicação do dia 12 de Janeiro, eu ali prometia terminar de apresentar o ano 2011 com toda descrição das restantes "novas histórias da minha primeira vez em...". Chegou, pois, a hora de vos continuar a "contar" as novas histórias da apresentação do livro "O Menino que Sonhava Salvar o Mundo", e pela ordem cronológica em que tudo foi acontecendo.
Assim, e porque terminei aquela mesma publicação na apresentação feita no Espaço Chiado, seguem-se as da primeira vez numa Câmara Municipal (Penela) e numa aldeia natal (Belide City).


...Figura_01: A primeira vez em Penela teve direito ao conto, na forma de leitura da história do "Menino", por uma profissional desta arte, e que assume a identidade de "Formiga"... Daí esta sua caracterização!


...Figura_02: E, sem dúvida, ouvir aquela história pela voz daquela profissional (com quem, curiosamente, já teria estado na minha infância, quando era "aquele menino"...), até para nós, os autores, nos soou bem mais bonita...


...Figura_03: E quando terminou de a contar, teve direito a ovação dos presentes e ao meu "muito obrigado" especial, na forma de uma dedicatória no livro que leu.


...Figura_04: Claro que o artista que se seguiu também não poderia deixar os créditos por mãos alheias, pelo que procedeu à animação do público de uma forma muito... mágica (pois claro)! Aqui com uma representante da Câmara e a sua carta assinada a aparecer na carteira em fogo.


...Figura_05: Também o meu truque favorito (a aliança no lenço que aparece no pão) fez o furor esperado...


...Figura_06: Outros efeitos mágicos surgiram, até ao momento em que os autores vestiram a sua faceta de escritor / ilustradora e passaram à sessão de autógrafos. Aqui a Ana e o peixinho mágico que saída de uma folha.


...Figura_07: Mais um grupo de pessoas que fizeram questão de se fotografar com as da fama do momento...


...Figura_08: A equipa da Câmara de Penela com os autores do livro.


...Figura_09: E termino a sessão em Penela com a foto da equipa de trabalho: eu, a Ana Beatriz e a nossa comercial, Diana.


...Figura_10: No dia seguinte (11 de Dezembro), foi a vez de apresentarmos o livro em Belide (mais uma "primeira vez"...). Também aqui algumas pessoas optaram por ir buscar a dedicatória antes da cerimónia, para ganhar tempo (aqui a minha sobrinha Catarina, comigo, com a Ana e com a prima Isabel Maria).


...Figura_11: Desta feita o nosso comercial foi o André, que também iniciou prontamente a sua função.


...Figura_12: Entretanto, as pessoas foram chegando e preenchendo o salão do Centro Social, Cultural, Recreativo e Desportivo de Belide (pelo menos era assim que se chamava aquando da sua constituição)...


...Figura_13: Pelo que a nossa Presidente da Junta e amiga pessoal Maria do Rosário deu início à cerimónia...


...Figura_14: Mais uma vez iniciei com o efeito de magia da produção do peixe a partir das folhas (tudo a ver com o tema do livro...)


...Figura_15: E porque desta feita não tínhamos "a Formiguinha" a contar a história, fui eu mesmo quem procedeu à sua apresentação / leitura.


...Figura_16: Mais uma vez recorremos a um artista, mágico de renome internacional, para abrilhantar a cerimónia, aqui com o "vizinho" Alberto Santo.


...Figura_17: Confesso que não faço ideia que "raio de truque" estaria aqui a fazer, mas lá que estava com estilo, isso estava!


...Figura_18: No final da actuação do "great magician" (já que "ele" é internacional, há que fazer valer essa língua do país de Sua Majestade, ao mesmo tempo que introduzimos aqui um estrangeirismo, que sempre valoriza a narrativa), a Presidente Maria do Rosário retomou a palavra, dando início à sessão de autógrafos.


...Figura_19: A que a população local acorreu em massa, "ocupando-nos" por mais de duas horas, sempre a assinar e a dedicar livros. Obrigado, Belide!

Terminadas estas primeiras séries de apresentações do livro, foi tempo de nos dedicarmos... ao Natal. Tal como tinha avisado (de novo), o mês de Novembro tinha-nos alertado que, mais dia menos dia, ele entrar-nos-ia porta dentro. E para não sermos apanhados completamente desprevenidos, até porque nunca atrasara tanto a preparação da nossa árvore de Natal, eis que aproveitei o dia 20 de Dezembro (!!!) para a montagem da mesma. Claro que entre o dia 15 e este dia 20, tinha já ornamentado o exterior da casa com as luzes e o presépio...





...Figura_20: Mais uma vez o resultado final terá sido provavelmente a melhor e mais bela árvore de Natal do mundo, como se demonstra pela imagem... Okay, aceito algumas opiniões discordantes, mesmo sabendo que eu é que tenho a razão!


...Figura_21: E repentinamente já estávamos na noite de 24, com os pais da Zé a faltarem-nos à última hora, pelo que o jantar natalício foi apenas partilhado a quatro: o meu pai Zé, a minha mãe Laura, a minha maridona MJ e, claro, o Je FM...


...Figura_22: E termino esta publicação com a indicação do almoço de Natal efectuado a 28 desse mês (Dezembro), com a família Carecho. Da esquerda para a direita: mana Céu, maridona MJ, cunhado Zé, FM ostentando a Moet et Chandom, André e Rafa.

Termino apenas com a referência que a noite de fim de ano foi novamente passada na Villa FMJ, a dois (à parte a saída com o flute de espumante à meia noite, à rua da Urbanização, para partilhar um brinde com os vizinhos da frente). Não foram retiradas quaisquer fotos, para proteger a privacidade dos "famosos", pelo que fica aqui apenas a indicação - foi uma noite fixe!

E foi assim que entrámos em 2012, ano do anunciado apocalipse Maia. Esperemos que se tenham enganado; quanto a mim, prometo não vos enganar. Podem continuar a confiar em tudo o que aqui vos conto. E por isso continuo a contar convosco, aqui. Fiquem, pois, todos muito bem!...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home