1 de janeiro de 2012

Mensagem de Ano Novo de Sua Excia., Eu Mesmo!

Portuguesas e Portugueses... Ah! E também para todos os emigrantes em Portugal! Porque hoje é dia 1 de Janeiro deste novo ano de 2012, ano anunciado como o último do calendário Maia (o que, para alguns, é indiciador de ser o ano do fim do mundo... o que eu não partilho, claro! Até porque eu nunca iria falar disso nesta minha mensagem de Ano Novo, que se quer sempre de esperança!), é minha missão anunciar que amanhã, e cumprindo uma tradição eu diria que quase milenar, irá à minha aldeia natal um homem que tem tantas orelhas quantos os dias que o ano tem..." (pois, não desvendo o segredo, porque a minha mãe também só mo desvendou alguns anos mais tarde)!

Mas, dizia eu: "Portuguesas e portugueses e emigrantes em Portugal... É para mim um enorme orgulho estar hoje aqui a dirigir-vos estas palavras. Passaram já cinco anos desde que me foi diagnosticado o tumor; passaram já quase quarenta e seis desde que o mundo viu nascer alguém tão ilustre..."

Ah! Mas também não era isto que vos queria dizer no primeiro dia do ano. Recomeçando: "Portuguesas e portugueses e emigrantes em Portugal. 2012 promete ser um ano difícil, da maior crise que muitos de nós alguma vez viveram... No entanto, nós iremos conseguir ultrapassá-la!"...

Mas também não era isto que vos quero dizer. Este discurso deixo-o para os políticos, que são mais mentirosos que eu. Por isso, e agora sim, aqui deixo a minha mensagem de Ano Novo: "Portuguesas e portugueses e emigrantes em Portugal. Todos os cidadãos do nosso mundo e, já agora, não vá haver mesmo vida em Marte ou noutro qualquer planeta, cidadãos de qualquer mundo. FELIZ ANO NOVO! Que 2012 vos consagre uma vida de felicidade, amor e paz, saúde e alegria!"

E prontes! Aqui vos deixo a minha mensagem... Original, certo? Fiquem bem!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home