28 de janeiro de 2011

Vamos cantar as Janeiras...

Janeiro é, de facto, um dia muito especial. E reparem que digo "de facto" com "c", pois ainda não foi este ano que optei por adoptar o "fato" como minha roupa oficial.
Serve este intróito apenas para vos alertar, minhas amigas e meus amigos leitores, que durante os próximos tempos continuarão a ler estas publicações com a "não adopção do novo acordo ortográfico" (aliás, como bem repararam com a colocação do "p" na palavra "adopção"). Isto é, escritas em bom e velhinho português. Se tenho algo contra o novo acordo? Confesso que não, mas ainda não me dei ao trabalho de o analisar... E enquanto o (meu) corrector automático do word o não fizer, vou também continuar a adoptar a escrita como sempre o fiz! Até quando? Até um dia (eheheh! Resposta politicamente correcta)...
Bom, mas vamos lá fazer jus ao título que adoptei para esta minha nova publicação: "Vamos cantar as Janeiras". Não pensem que me vão ver aqui a cantar as Janeiras. Não! Só que, e como eu desconfiava já no final do ano passado, 2011 começou novamente por este mês (Janeiro), e nem os acordos ortográficos, a crise nacional e mundial ou a vitória do Cavaco Silva nas presidenciais, alteraram este facto. Daí que, efectivamente (vêem o "c"?), Janeiro merece ser cantado por todas as razões. E até porque é o meu mês (mas isso é algo que vos contarei mais à frente)!
E foi assim, sem cantorias, que voltámos a celebrar os Reis (curiosamente também festejados neste fantástico mês) com amigos. E porque foi impossível reunir o tradicional "Grupo de Reis", fizemo-lo com outros amigos e familiares. Por isso, no dia 6 de Janeiro (sim, é neste dia que se celebram Melchior, Baltazar e Gaspar) reunimos em nossa casa os nossos amigos João e Maria Vaz, na sua primeira visita à FMJ Villa.


...Figura_01: A foto de família, com o tradicional brinde de boas vindas aos Reis João e Maria Vaz.

Depois, e porque normalmente encerramos a época Natalícia no dia seguinte ao dia de Reis, foi a vez de convidarmos a minha irmã e respectiva família para nos honrarem com a sua presença em mais um almoço de comemoração deste mesmo encerramento.


...Figura_02: E porque quisemos ser diferentes, em vez da tradicional foto à mesa optámos pela foto junto aos matraquilhos, já que foi para ali que nos dirigimos depois de bem comidos e não pior bebidos (para desgastar os excedentes calóricos natalícios, claro!)


...Figura_03: Cansados, rumámos até à àrvore de Natal para a troca de prendas entre os presentes, encerrando assim esta época que tanto aprecio! Obrigado, Menino Jesus, por nos concederes o Natal!...


...Figura_04: E, claro, coube-me a mim o "cortar da fita" simbólico de terminar: apagar as luzes da árvore e remover os respectivos enfeites, rearrumando tudo até ao próximo Dezembro.


...Figura_05: E nem o nosso grande amigo Doc queria ver o momento, também ele grande apreciador desta época tão admirável!


...Figura_06: E agora um pequeno "apontamento" da FMJ Villa, com uma fotografia de dois pedestrianistas em plena Geira Romana... no Gerês, claro! E porque surge este apontamento aqui? Bom, talvez indicador que 2011 voltará a "oferecer-nos Gerês"!

E agora algo completamente diferente, no campo do serviço utilitário que o blog também pode e deve assumir. Por exemplo, com uma sugestão exemplar de uma "horta urbana", tão na moda agora nas cidades e noticiadas nos jornais televisivos como bons exemplos de aproveitamentos familiares. Assim, para quem não tem grandes espaços para cultivar, por exemplo, alfaces, salsa ou até mesmo morangos (ou tudo junto), vejam bem a nossa última plantação.


...Figura_07: O aproveitamento de uma sapateira em "lona" para uma plantação de morangos na vertical. Idiotas? Claro...


...Figura_08: E que tal "gato na telha"? Pois é, também o nosso Tico adorou os primeiros raios de sol, dormitando toda a tarde naquele seu espaço.

Mas Janeiro tem também muitos aniversários de personagens famosas: a 09 a minha prima Georgina; a 11 os meus amigos José Nabuco e Helena Moura; a 12 o meu tio Fernando Monteiro; a 21 o primo Pedro Brito e a minha irmã Céu. A 22 o meu primo Armando e, claro, aqui o Je; a 24 o padre João Paulo Vaz (reconhecem o apelido? Sim, é o mesmo do da minha abelhinha Catarina, pois é seu irmão!), o mágico Alexandre Tereso e a nossa amiga Cármina... e poderia enumerar mais uma série de amigos e conhecidos que escolheram este mês para virem ao mundo. Mas fico-me por aqui, para não massacrar. No entanto, a todos os aniversariantes de Janeiro, os meus votos de PARABÉNS A TODOS VÓS!


...Figura_09: E porque em Janeiro também retomei o controlo no IPO, com a realização de exames ao sangue (a 14), e de uma TAC a 21, aproveitei a minha presença neste dia para almoçar com a minha irmã, cunhado e afilhado André (a Zé ficou em casa para organizar o dia seguinte, enquanto o Rafael foi fazer a sua tropa - o dia da unidade nacional!), comemorando assim os seus 47.º aniversário. Parabéns, mana!


...Figura_10: E até o seu gato Pompeu lhe "ronronou" os parabéns!

Sobre o dia 22 vos falarei muito em breve, com as fotos de alguns amigos que puderam estar presentes e abrilhantar este meu dia. Até lá, fiquem bem!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home