26 de dezembro de 2009

A Magia do Natal

Adoro esta época do ano, quando as ruas se enchem de iluminação, de pessoas com presentes debaixo do braço, dos assadores de castanhas com aquele aroma e revoltear nos ares, das expressões de felicidade das crianças perante os muitos Pais Natais que se avistam nos Centros Comerciais...
Mas a magia do Natal surge também nas nossas casas, com a construção dos presépios, a montagem da Árvore de Natal, a distribuição das prendas e a reunião em família para a ceia de Natal.


...Figura_01: A montagem da árvore de Natal, este ano também em estreia naquele canto da cozinha. Pois, na sala o seu lugar está ocupado pelo jogo de matraquilhos...


...Figura_02: No final o "Pai Natal" e a "Mamãe Noel" apreciaram o resultado final, preparando a área para a chegada das renas comandadas pelo Rodolfo (aquela rena de nariz vermelho)...


...Figura_03: Também preparámos um cantinho especial para a "hora do conto", ou não fôssemos nós contadores de histórias (ou estórias?).


...Figura_04: Não! Não é a rena Rodolfo nem um gnomo do Pai Natal. É mesmo o nosso gato Tanino vestido a rigor para esta época.

Este ano, por força das circunstâncias, este momento foi vivido diferentemente do últimos 14 anos. Com efeito, este foi o primeiro ano em que não nos juntamos no Porto para o Jantar de Natal. Desta vez estou a levar muito (mais) a sério esta coisa "dos dias seguintes" e da imunodepressão e dos riscos das gripes sazonais e das gripes A's e das contaminações por terceiros e do risco de vida que estas maleitas me podem causar. Por este motivo, decidimos este ano, pela primeira vez na vida, festejar a noite de Natal em nossa casa, para me manter "protegido" de tudo o que acima referi.
Foi por isso que preparámos uma mesa de Natal para dois. Mas à última da hora, os pais da Zé resolveram presentear-nos com a sua presença e passámos a consoada a 4. Foi bom, foi diferente e foi por uma causa justa. No entanto, também sentimos a falta da "confusão" animada que têm sido nos outros anos, com as iguarias preparadas pela nossa cunhada Rosa, pela companhia de toda aquela família, pela vestimenta do Pai Natal que, nos últimos 5 anos, assumi para as suas vizinhas do andar de baixo, pela troca de lembranças com ela a distribui-las por todos nós... Enfim, esperamos poder dizer que "para o ano lá estaremos outra vez!"


...Figura_05: A mesa de Natal que preparámos para este Natal. A Zé, não eu, verdade seja dita...


...Figura_06: Mas aconteceu outra coisa muito especial nesta noite de consoada: bebi um pouco de vinho tinto, após 3 meses de abstinência. E que bem que me soube aquele Touriga Nacional das Caves S. João...

Mas o Natal também é a visita dos amigos.


...Figura_07: E nada melhor do que receber a visita da família Jordão, com o Francisco, a Cristina, o Gonçalo e o (futuro) Afonso.


...Figura_08: Ou a visita da Marisa, aqui disfarçada de mãe Natal, toda bonita.


...Figura_09: Ainda tivemos connosco a Cristina, com a surpresa de ter trazido a sua irmã Dininha nesta visita de Natal... e brindarmos à amizade e muita saúde com um flute de espumante Ortigão!


...Figura_10: Mas eis aqui o resultado de uma excelente surpresa que o nosso afilhado André nos preparou: umas prendas que colocou na árvore antes de ir de férias, sem nós darmos por ela. Isso mesmo, esta camisola... com personalidade! (querem ler a mensagem? É só clicar na foto)

Sem dúvida que tudo isto é que faz A MAGIA DO NATAL! Por isso aqui ficam os nossos votos a todos vós, que nos visitam...


...Figura_11: Adivinharam! São os nossos votos de FELIZ NATAL!

Fiquem bem!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home