27 de novembro de 2009

Quimioterapia - e já lá vão praticamente 950 horas!

Olá, pessoal (mais ou menos) atento ao que se passa neste nosso mundo!
Hoje poderia começar por falar naquele perú a quem o Obama, além de perdoar de uma morte certa (para o assado), ainda levou para um hotel de 5 estrelas e tornou vedeta de televisão (pelo menos foi notícia de telejornal). Também poderia falar da "Face Oculta" (já repararam que estes grandes casos de corrupção e contrabando envolve quase sempre Aveiro?), das mutações do vírus H1N1 que também já mata em França, do acidente de Tiger Woods, ou que a equipa de basquete do Vagos perdeu com o Gyor por 86-53, para a Eurocup... Mas não! Não vou falar nada disso! Até porque sei que isso não vos interessa. Por isso mesmo vou... falar de mim! (Ah! ganda narcisista!)
E então cá vai o relato dos últimos dias aqui do Je, agora que estou a recuperar deste 5.º tratamento (e que, confesso, está a ser complicado, com todos estes vómitos e enjôos "de grávida"!). Já lá vão praticamente 950 horas de quimioterapia nas veias e, confesso, graças a Deus que já só faltam mais 50 horas para terminar este novo ciclo! Mas vamos lá então:

Adivinhava-se o Inverno! O frio e a chuva começaram a dar sinais de si (ops!... Até parece o início de uma grande obra literária), ao ponto do meu gato Tanino trocar o seu cadeirão na rua... pelo cadeirão na sala (Ah! Foi sol de pouca dura. Acabou aqui as semelhanças com Tolstoi)! Grandes tardadas tem ele feito, a fazer-me companhia nestes dias de semi-reclusão!


...Figura_01: O nosso Tanino no seu recanto favorito, "a ver o tempo passar".

Nestes dias também aconteceu algo que muitos portugueses já quase não acreditavam: o apuramento de Portugal para o Mundial de Futebol em África do Sul, 2010. E, confesso, se também eu cheguei a duvidar, depois de ver o comportamento perfeitamente anormal do público da Bósnia quando tocava o nosso Hino Nacional (todos a assobiar, sem o mínimo de respeito por "A Portuguesa", num nítido comportamento de quem não sabe o que é ter identidade nacional), até que soube muito bem a nossa vitória. E aqui fica o registo para a posteridade. Quem não se dá ao respeito, não merece o respeito!


...Figura_02: O resultado final de 0 - 1 serviu para nos apurar para o Mundial!


...Figura_03: E é por isso que digo: "PARABÉNS, PORTUGAL!"

Também foi tempo de se cumprir uma promessa. Depois da Zé ter conseguido vender um programa na Aliança envolvendo um "contador de contos". Não! Não fui eu o eleito, pois nesta fase nem vontade para isso tem havido. A sorte recaíu sobre o António Morais, que muitos de vós talvez conheçam enquanto actor do CETA, de Aveiro, ou então como professor contestatário à anterior Ministra da Educação Maria de Lurdes (sim! Foi ele quem fez Portugal de Norte a Sul, em bicicleta, em protesto contra o processo de avaliação dos professores; também foi ele quem fez esse percurso a pé - leram bem! a pé... - no mesmo protesto! Ou deu a cara, como sindicalista, nos noticiários televisivos que cobriam os referidos protestos). Mas aqui não falamos nada disso. Estas frases que acabaram de ler ir-se-ão auto-destruir em menos de 10 segundos... 9... 8... 7... 6... 5... 4... 3... 2... 1... Pronto, já está! O quê??? Não se auto-destruiu? Pô***a! Já não se pode confiar nestas tecnologias informáticas!). Mas não faz mal! Quando eu repetir 3 vezes a palavra "bipapagaquígrafo!", a vossa memória será apagada e esquecerão o atrás escrito. Combinado?).
Mas então, dizia eu, o prometido é de...vidro, pelo que o António Morais e a sua amiga Ana (actores por paixão) vieram até nossa casa para degustarem umas prometidas e saborosas pataniscas de bacalhau... E que bem que nos souberam!


...Figura_04: O almoço de pataniscas, com a Ana a adorar e (quase) a esquecer o stress de ter um trabalho a entregar nesse dia e o seu computador ter (quase) crashado!

Mas, vitórias e pataniscas à parte, o frio chegou mesmo para ficar. Daí que também foi tempo de acender pela primeira vez a lareira. E ela não mais deixou de se acender, nestes dias que nos acompanham (É verdade! Estou a escrever esta "crónica" ao crepitar da lareira e... também adivinharam... com o Tanino deitado no seu ninho!)


...Figura_05: A inauguração da lareira, com o calor a espalhar-se pela casa e eu a apreciá-lo (... na falta de um whisky!)


...Figura_06: Mas com mensagens destas, ocultas na parede, qual alusão a um qualquer livro de Dan Brown, quem não acha que "A Vida é Bela!"?

E no domingo tivemos o prazer de receber a visita de dois "caminhantes convictos!" - a Liliana e o seu "futuro marido" Ângelo(eles ainda não sabem disto, pois apenas estão a combinar o casamento para a sua "5.ª vida". Apenas eu já o sei, numa fantástica fisão futurista que me atacou... os meus dois neurónios) . Estes dois amigos, que são o corpo "e a cabeça" dos "Toc'a Caminhar", que 2 vezes por mês nos desafiam a trocar o conforto das pantufas pelo frio das botas, o descanso do sofá pelo esforço das caminhadas e a tardada num shopping pelas verdadeiramente belas paisagens deste nosso Portugal! Que saudades que já tenho de os acompanhar! Que bom que tudo irá terminar dentro em pouco para ver se consigo recuperar as forças e recomeçar a acompanhá-los! Passámos aqui uma tardada de conversa, com lanche pelo meio, e com eles ainda equipados da caminhada que tinham feito nessa mesma manhã, a estudarem novos percursos para nos proporem! Aquilo é que é amor à causa!


...Figura_07: Eis os caminhantes na sua visita (bem saborosa) por nossa casa!

Nessa noite o André veio de boleia com o namorado da Inês (o Pedro) - já estão a pensar no famoso trágico-romance da Quinta das Lágrimas, "Pedro e Inês", berdad? - que o trouxe até casa, sem precisar de ir buscá-lo ao comboio. Conclusão: terminámos a noite em grande actividade futebolístico-matraquilheira, com o duo FMJ a vencer nas grandes penalidades o André e o Pedro! Ah pois é!...

E termino esta publicação com uma informação importante para todos aqueles a quem, como a mim, têm uma grande dificuldade na higiene oral (boca e dentes). Com efeito, nestes dias do tratamento, uma das coisas mais difíceis por que passamos é "aguentar" uma pasta de dentes na boca, com todos estes sintomas de enjôo. Por isso deixo aqui a sugestão que utilizo - após várias tentativas frustradas de conseguir uma pasta praticamente inóqua (sem aroma e sem paladar), finalmente encontrámos numa farmácia aquela que melhor suporto... E agora olhem para o canto superior direito do vosso monitor... rápido, que já se está a deslocar para o canto esquerdo... viram? a palavra "PUB"... Já passou! E então já posso referir a marca da pasta - ELGYDIUM. Recomendo-a a todos aqueles que, como eu, têm grande dificuldade em suportar as tradicionais pastas de dentes!


...Figura_08: Perguntam-me: "quanto recebi por esta publicidade?". Confesso: para cima de um dinheirão! Mas... Um homem tem que fazer pela vida e sustentar os seus vícios (a mulher, as 15 amantes, o cão, os gatos, os Mercedes e BM's, as pensões dos 12 casamentos anteriores, etc...)

E é com mais esta informação relevante para doentes oncológicos que me despeço de todos vós! Vão lá ver a telenovela e, não esqueçam, numa citação ao grande Raúl Solnado: "Façam o favor de ser felizes!".
Fiquem bem!

1 Comments:

Blogger nela said...

Olá Filipe está com muito bom aspecto principalmente com a azeitona na mão Força
Beijinhos

08 dezembro, 2009  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home