21 de fevereiro de 2008

O Dia de S. Valentim em Salgueiro

Porque este blog é, também ele, um espaço de cultura, eis aqui um breve resumo da história do S. Valentim.



Durante o governo do imperador Claudius II, este proibiu a realização de casamentos no seu reino, com o objectivo de formar um grande e poderoso exército. Claudius acreditava que os jovens, se não tivessem família, alistar-se-iam com maior facilidade. No entanto, um bispo romano continuou a celebrar casamentos mesmo com a proibição do imperador. O seu nome era Valentine e as cerimónias eram realizadas em segredo. A prática foi descoberta e Valentine foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens jogavam flores e bilhetes dizendo que os jovens ainda acreditavam no amor. Entre as pessoas que jogaram mensagens ao bispo, estava uma jovem cega: Asterius, filha do carcereiro, a qual conseguiu a permissão do pai para visitar Valentine. Os dois acabaram por se apaixonar e milagrosamente recuperou a visão. O bispo chegou a escrever uma carta de amor para a jovem com a seguinte assinatura: “de seu Valentine”, expressão ainda hoje utilizada. Valentine foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270 d.C.

E foi em homenagem a este nosso bispo que decidimos preparar um "Jantar Valentínico", de fazer crescer água na boca. São essas as imagens que se seguem...



Apresentação geral da "mesa das iguarias"...



E porque era um jantar de S. Valentim, esta foi a apresentação do menú.


Até os doces eram com este formato... Aqui vemos os "Miminhos da Curia", doce tradicional daquela região.



E esta pedra esteve na origem do "nosso S. Valentim"...



E foi assim que comemo-rámos o nosso dia, mais um, de uma forma tão especial... Vale sempre a pena acreditar na nossa recuperação...

Fiquem bem e até breve!

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

24 fevereiro, 2008  

Enviar um comentário

<< Home